Frete grátis para compras acima de R$200 em todo o Brasil!

Progresso de leitura:

Origem

O processo de obtenção do Chitosan envolve triturar as cascas de camarões ou caranguejos em pó fino e então proceder com a desacetilação deste pó. Isso se refere a um grupo químico específico na molécula da quitina, e o composto remanescente é mais ativo.

Chitosan é um inibidor de gordura que ocorre na natureza. Trata-se de uma substância que abriga potencial de revolucionar o processo de perda de peso e, assim reduzir a incidência de algumas das mais devastadoras doenças que acometem o Ocidente. Chitosan atrai as gorduras e as converte de forma que o organismo não consegue mais absorver. Consequentemente, através dessa forma de ligação com a gordura, o Chitosan a torna indigerível. Assim, sua contribuição calórica para nosso organismo se anula totalmente. O Chitosan, ligado às moléculas de gordura, deixa o trato gastrintestinal sem que estas sejam absorvidas. Como algumas plantas, o Chitosan não é digerível e não tem valor calórico. Não importa quanto Chitosan é ingerido, seu valor calórico permanece zero. Esta é uma propriedade muito importante para muitos produtos para perda de peso.

Mecanismo de Ação

Chitosan ataca a gordura no estômago antes que ela tenha a chance de ser metabolizada. Ele se dissolve no próprio estômago e é convertido a gel, que “captura” a gordura, assim evita sua absorção e subsequente armazenamento. Chitosan torna a gordura inútil ao corpo, tecnicamente ele cria uma “bola de gordura” tornando-se grande demais para ser metabolizado. Ambos, Chitosan e a gordura, ficam indisponíveis para metabolização, e são excretados pelas fezes. Chitosan, liga-se ao excesso de moléculas de gordura e ácidos graxos, também liga-se ao colesterol da dieta, reduzindo a absorção desses compostos. Pode funcionar como uma fibra não digerível

Indicações

  • • Propriedade antibacteriana: Chitosan, tem sido utilizado para tratar acne, pois, consegue inibir o crescimento da bactéria que causa a inflamação associada à acne. Chitosan possui a capacidade de eliminar Candida albicans, em testes clínicos envolvendo ratos e tendo seu efeito na ação da protease, quando utilizado como conservante em alimentos. Chitosan mostra uma ação mais eficaz do que o ácido láctico. Em alguns testes, vem mostrando ação antiparasitária. Chitosan reduziu a infestação bacteriana do cólon, diminuindo o risco de infecção após trauma.
  •  Feridas e úlceras: Testes utilizando aplicações tópicas de Chitosan, indicaram que ele promove a cura mais rápida de feridas ou abcessos infectados por Staphylococcus sp. Aplicações tópicas de Chitosan, diminui o tempo de coagulação, que é vital para a cura de feridas como úlceras.
  •  Ação anti-placa nos dentes: Pela sua ação rápida, Chitosan aumenta o pH da boca e liga-se a bactéria que causa a formação de placa e subsequente deterioração dos dentes.
  • Ação anti-hipertensiva: Alguns estudos clínicos mostraram que Chitosan funcionou como um agente anti-hipertensivo e diminui a pressão de sangue em ratos machos que foram alimentados com alta concentração de sal. Chitosan consegue diminuir os níveis de cloreto no sangue que influencia na atividade da Enzima Conversora de Angiotensina (ECA).
  • Ação antitumoral: Testes clínicos conduzidos em células tumorais “in vitro” mostraram sua potente ação inibitória em cada uma das células tumorais.
  •  Bloqueador de gordura: Todas as propriedades de Chitosan são valiosas, mas sua extraordinária capacidade de bloquear ou se ligar às gorduras promete ser a mais valiosa de todas. Elimina a gordura após ter sido absorvida pelo tecido adiposo, é muito mais difícil do que neutralizar seus efeitos antes que ela caia na circulação sanguínea. Chitosan acompanha esta formidável tarefa em converter a gordura numa forma que o organismo não absorva. Ele torna-se uma substância inerte que é prontamente eliminada pelo organismo

Cuidados

Chitosan não deve ser usado por mulheres grávidas, lactentes e crianças, bem como por pessoas alérgicas a crustáceos (camarão, lagosta, etc). Chitosan não bloqueia a absorção de carboidratos e proteínas. Portanto, nas dietas de emagrecimento, a ingestão destes deve ser balanceada. Não deve ser usado por mais de 6 meses, pois impede a absorção das vitaminas A, D, E e K.e eliminada pelo organismo

Referências Bibliográficas

MUZZARELLI, R. A. A. Dechelating ability of aminoacid glucans and sugar acid chitosans. In: Chitin in
Nature and Technology. Muzzarelli, R. A. A.; Jeuniaux, C.; Gooday, G. W. editors. New York: Plenum Press, p.
321 -323, 1986.
MUZZARELLI, R. A. A.; TARSI, R.; FILIPPINI, O.; GIOVANETTI, E.; BIAGINI, G.; VARALDO, P. E.
Antimicrobial agents of N-carboxybutyl chitosan. Antimicrob Agents Chemother, 34: 2019 – 2023, 1990.
MUZZARELLI, R. A. A. Biochemical significance of exogenous chitins and chitosans in animal and
patients, Carbohydr Polymer, 20: 7 – 16, 1993.

Mais Informações: Clique e visualize o Laudo do Fornecedor

Produtos que contém Chitosan

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Próximo Artigo

Cordia Ecalyculata

Árvore de copa alongada, de 8 a 12 metros de altura com tronco de 30 a 40 cm de diâmetro, nativa desde o nordeste até o sul do Brasil.

MSM – Enxofre

O enxofre foi chamado de “mineral beleza” porque é essencial para manter os cabelos
brilhantes e macios. É essencial para a síntese do colágeno e é predominante na queratina,

Metilfolato

É utilizado para redução do cansaço, normaliza as funções psicológicas do humor e da depressão, contribui para o crescimento normal do tecido materno durante a gestação.

0
Conversar
1
Quer orçar sua fórmula?
Olá, se não encontrou a fórmula que procura, fale conosco no Whatsapp!

×